ILHAVO PRAIA DA BARRA FAROL.JPG

ÍLHAVO

A proteção do meio ambiente na sua globalidade é um dos desígnios das Autarquias, enquanto agentes de proximidade das populações. Nesse sentido, a promoção de boas práticas e a implementação de políticas de responsabilidade ambiental, são uma tónica cada vez mais presente nas atividades dos Municípios, que procuram estimular e mobilizar os seus munícipes desde tenra idade para uma missão pessoal em prol do bem-estar comum. Despertar consciências para o consumo regrado, para a reciclagem ou reutilização são cada vez mais objetivos basilares para a educação ambiental.

De facto, cada município é dono de um conjunto de caraterísticas e realidades específicas, que o tornam único, no entanto as interdependências e sinergias territoriais são muito importantes para o desenvolvimento integrado e sustentado local e nacional. É por isso muito relevante a participação da Autarquia de Ílhavo no projeto “Pegada Ecológica Municípios Portugueses”, na medida em que nos permite utilizar a informação recolhida e tratada para a elaboração de planos de ação, procurando maximizar as estratégias de coesão territorial através da implementação de mecanismos e políticas públicas específicos e adaptados, não a um Município mas a uma Região, reconhecendo as suas diferenças e valorizando os seus objetivos comuns.

Por isso, a Câmara Municipal de Ílhavo tem assumido a sua responsabilidade, potenciando ao longo dos anos, a dinamização uma Política Municipal de Ambiente de grande alcance e de compromissos para com a comunidade que serve. Entre as principais áreas abrangidas estão todas as questões que se encontram relacionadas com a Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos; a preservação das Zonas Costeiras (frente Mar e frente Ria); o ar que respiramos ou a água que bebemos; a boa qualidade do espaço público e dos espaços verdes ou ainda o uso de transportes alternativos mais amigos do Ambiente, numa transversalidade clara àquela que passou a ser a grande temática Ambiental no mundo - a Adaptação às Alterações Climáticas.

Iniciativas como o ECOCENTRO (único na Comunidade Intermunicipal da Região Aveiro - CIRA), intervenções a vários níveis numa multiplicidade de vetores ambientais, incluindo o facto de ser o único concelho em Portugal continental com todas as suas escolas reconhecidas como “Eco-Escolas”, têm feito de Ílhavo uma referência nacional. Mais recentemente, a preocupação com uma política de gestão dos resíduos ainda mais focada nos pilares da economia circular e no “R” da “Reutilização”, medidas com aplicação prática na vida diária de todos têm sido prática dominante no município: são exemplo os 21.000 sacos de compras reutilizáveis, ou os mais de 50.000 copos reutilizáveis que passaram a ser elemento de boas práticas quer de quem nos visita, quer de quem, na Câmara Municipal, partilha o dia-a-dia de trabalho. Com elas assumimos também a firme aposta de tornar todos os Festivais de Verão (e momentos de grandes aglomerados de participação conjunta - exemplo das provas desportivas) de "Eco-Evento", renovando o desejo de que as boas práticas de gestão dos resíduos sejam comuns aos cidadãos, mas também aos serviços municipais.

Tendo presente esta realidade, a Câmara Municipal de Ílhavo associou-se ao projeto Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses, integrada na Comunidade Intermunicipal a Região de Aveiro (CIRA). Este projeto visa a construção de conhecimento e o fortalecimento da capacidade local em matéria de ambiente, através do cálculo e interpretação de dados vitais para enfrentar desafios ambientais complexos. É isso que esperamos. É isso que desejamos em nome do Futuro. 

EMAACI_D6.JPG
EMAACI_D3.jpg
EMAACI_D2.jpg
compromisso.jpg
EMAACI_A8.JPG
6.jpg
EMAACI_A5.jpg
5.JPG
EMAACI_A2.JPG
ILHAVO CAMINHO PRAIAO.JPG

Calculadora

Relatório

Mais informações

© 2019 Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses.