© 2019 Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses.

CASTELO BRANCO

O Município de Castelo Branco está atento às questões ambientais. Há vários anos que fazemos um trabalho sério e sustentado em prol do ambiente, razão pela qual decidimos participar no projeto da Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses, coordenada pela ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, integrando um estudo que mede o valor da Pegada Ecológica e da Biocapacidade do Município de Castelo Branco.

A Pegada Ecológica é uma ferramenta de avaliação e monitorização que ajuda no planeamento de projetos estratégicos para o Concelho. Mitiga os riscos e adequa a política de adaptação às alterações climáticas, por forma a encontrar uma visão comum e partilhada que nos permita dar passos firmes na construção de um Município mais resiliente, capaz de fomentar uma sustentabilidade global, essencial para uma comunidade que se está a tentar tornar ambientalmente saudável, economicamente prospera e justa.

O nosso estilo de vida e as nossas ações deixam marcas no meio ambiente, por isso, o primeiro passo para a mudança é conhecer, de facto, o tamanho da nossa Pegada Ecológica e a forma de contribuir para a minimizar.

O Município de Castelo Branco tem efetuado um forte investimento nas zonas florestais e em ações de defesa da floresta contra os incêndios, pelo que, regozijo-me por a Biocapacidade do Município de Castelo Branco estar 80% acima da média nacional, demonstrando que a estratégia definida é a adequada.

Iremos continuar a promover o aumento da Biocapacidade e a redução da Pegada Ecológica.

 


 

Castelo Branco, 5 de fevereiro de 2019

Luís Correia

Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco

Calculadora

Relatório

Mais informações